Impacto

Impacto de eventos inesperados nos negócios

 Publicações da RGCE
Publicações da RGCE

Rodrigo Gimenez - Sócio Líder

Impacto de eventos inesperados nos negócios

 

Eventos inesperados, pequenos ou grandes, ocorrem com mais frequência do que os executivos e/ou empresários gostariam.

Esses eventos podem acontecer em locais fisicamente distantes, ou em um mercado que talvez não seja diretamente relacionado ao seu, mas sempre é bom lembrar que vivemos e atuamos em um mundo cada vez mais globalizado, onde “uma pedrinha no rio faz aquele efeito de ondas se expandindo” e uma hora chega o seu impacto…tarda, mas não falha.

Tenho certeza de que, enquanto está lendo essa introdução, passou pela sua cabeça o último grande evento inesperado atual, triste acima de tudo, e que ocupa todos os canais (nacionais e internacionais) de comunicação: Guerra na Ucrânia. O pior é que, já deve estar, ou (1) vivenciando os impactos dela nos seus negócios, ou (2) sentindo os choques, a depender da sua ascendência e/ou parentesco, em sua vida pessoal, ou (3) preocupando-se em minimizar os seus impactos. Nesse último caso, deveria pelo menos…

Nas duas últimas semanas as notícias trazem manchetes como:

  • “Guerra entre Rússia e Ucrânia pode impactar inflação e PIB no Brasil”
  • “Guerra na Ucrânia: Brasil está entre as economias mais afetadas”
  • “Importação de trigo no Brasil sofre impacto da guerra na Ucrânia”

Dos principais impactos da guerra no mundo todo, escolhi analisar alguns mais minuciosamente, relacionando-os com serviços de consultoria.

INOVAÇÃO E NOVAS TECNOLOGIAS

As guerras sempre trouxeram com elas inovações tecnológicas. Num rápido histórico, podemos citar algumas inovações que fazem parte do nosso dia a dia de forma bem significativa, como: internet, computadores, GPS, câmeras digitais, micro-ondas.

Porém existem também as inovações que não colaboram de forma positiva, como temos visto na guerra da Ucrânia. Hackers causando diversos problemas, uso de tecnologia para roubar informações, uma chamada guerra cibernética, além da real.

Mais do que nunca é preciso inovar e se transformar digitalmente. Utilizar a tecnologia de forma estratégica, coletando dados e tomando decisões baseados neles. A consultoria traz a visão de longo prazo, arquitetando as soluções corretas para garantir os melhores resultados.

GESTÃO DE RISCOS

Como já falamos, vivemos em constante mudança e em um ambiente de riscos iminentes e crescentes e, com isso, se torna mais do que essencial que as empresas integrem em suas rotinas de gerenciamento de riscos.

A guerra e o coronavírus são somente alguns exemplos de eventos inesperados que trouxeram mudanças significativas para as empresas. Será que essas mudanças alteram o risco que a empresa corre? Vale a revisão…

É importante que ferramentas e modelos sejam aplicados de maneira consistente em toda a organização. Isso possibilita uma visão ampla da gama de riscos e de como tudo se interconecta. Antecipar-se aos problemas é um diferencial competitivo.

GESTÃO DE MUDANÇA

As mudanças fazem parte dos negócios e, principalmente em momentos como os que temos vividos nos últimos anos, elas se fazem essenciais.

Porém, a necessidade de constante adaptação das organizações requer cuidados com uma peça principal nessa engrenagem: o ser humano.

É preciso ter em mente que os eventos inesperados não afetam somente os negócios, mas também aqueles que fazem os negócios acontecerem e tudo precisa ser pensando levando em conta esse fator.

As mudanças não podem ser feitas frequentemente, bruscamente, pois isso tende a pular etapas, acelerar “na hora errada” e, pior que isso, se tornar um hábito, ou melhor, um vício.

Mudanças feitas sem planejamento afetam não só o controle sobre as prioridades, como o caminho a seguir e, também, o capital humano. E isso pode ter um impacto catastrófico na estrutura empresarial.

A dica aqui é nunca perder o norte. A bússola precisa ser (muito) boa.

GESTÃO DE CUSTOS E PRECIFICAÇÃO

Eu sempre digo que gerir custos é uma regra básica e que saber precificar é uma mistura de arte e método.

Em condições normais já é mais do que essencial saber fazer essa “lição de casa”, e se torna urgente quando ocorrem eventos inesperados.

Muitas variáveis podem ser mudadas com esses eventos. Matérias-primas podem aumentar, custos dos mais variados podem crescer e, se a precificação não foi feita de maneira correta, o prejuízo é certo.

É possível, assim que o evento ocorre, parar e repensar a gestão de custos? É, porém se isso já é feito de forma sistematizada, e levando em consideração as variáveis, isso será feito de maneira acertada e muitas vezes, dependendo do impacto, nem precisa acontecer e tudo ainda se mantêm “redondo”.

Em resumo, a questão na verdade, não é sobre o tamanho dos eventos e/ou dos impactos, mas de como o seu negócio está preparado, ou não, para enfrentá-los.

A empresa que tem a “casa em ordem” consegue (ou conseguirá) ajustar as necessidades, sejam elas advindas ou não de eventos inesperados, e com o barco andando.

 

#inovação #novastecnologias #gestãoderiscos #gestãodemudanças #precificação #gestãodecustos #guerraucrania #consultoria #RGCE_simples #RGCE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

Perfil Equipe